fbpx
Rua Carlos Fleischmann 326
mktevendas@sfautomotiva.com.br
+55 16 997887164 | 3368-3957

Fique por dentro das novidades!
SF Automotiva - Img Categoria


___ Dicas e Novidades

Diferença: manutenção preventiva, preditiva e corretiva

Diferença: manutenção preventiva, preditiva e corretiva

Antes de aprofundarmos mais no assunto, vamos entender melhor cada conceito.

Manutenção preventiva

É a ação tomada para que sejam diminuídas as probabilidades de falhas, no nosso caso de algum veículo da frota, ou até mesmo alguma consequência desfavorável em algum serviço prestado pela empresa.

Esse tipo de intervenção é prevista para que ocorra antes da possibilidade de que qualquer inconveniente, ou seja, trata-se de uma série de inspeções e serviços sistemáticos, ações de conservação, consertos e regulagens com a intenção de que falhas sejam evitadas.

A manutenção preventiva é um programa realizado com base em períodos de tempo ou indicadores de funcionamento do veículo. Esse cronograma é constituído, normalmente, utilizando como fundamento as orientações fornecidas pelo fabricante.

Nessa modalidade de manutenção constam as atuações sistemáticas de manutenção, inspeções de peças e acessórios, aferição de mostradores, calibragens e lubrificações.

Na manutenção preventiva é necessário, muitas vezes, desmontar sistemas e/ou conjuntos inteiros de peças para que, aquelas que apresentarem desgaste prematuro ou falhas de projeto sejam substituídas. Deste ponto de vista, gastar com manutenção antes do problema acontecer, pode não parecer a melhor opção, mas unida a um bom planejamento, a manutenção preventiva evita gastos surpresa proporcionando economia a longo prazo.

Manutenção preditiva

A manutenção preditiva é um procedimento que une a precaução da manutenção preventiva com a objetividade da manutenção corretiva. Ela é feita com base em indicativos que predizem qual será o fim de sua vida útil, portanto, em quanto tempo será necessária a realização de uma manutenção corretiva em determinadas partes ou sistemas de um veículo.

Essa manutenção corretiva, se realizada de forma planejada, tem os seguintes objetivos:

  • determinar com antecipação a intervenção reparatória em um veículo;
  • acabar com a necessidade de que veículos sejam desmontados para serem inspecionados ou aferidos;
  • permitir um maior aproveitamento das peças em relação à sua vida útil;
  • eliminar os trabalhos emergenciais e seus possíveis erros;
  • não permitir que os danos sofram aumentos ao longo do tempo;
  • fazer com que os veículos se tornem mais confiáveis;
  • se antecipar às interrupções nos processos da frota e contingenciar o trabalho dos mecânicos.

Todos os objetivos listados esclarecem a principal finalidade da manutenção preditiva: aumentar ou manter a capacidade produtiva da equipe e reduzir custos.

Cabe ressaltar que a manutenção preditiva requer a utilização de instrumentos específicos para a realização dos devidos diagnósticos de desgaste, como os que medem a atuação de fenômenos como temperatura, pressão ou comportamento irregular das peças.

Baseando-se no conhecimento preliminar de quem opera os instrumentos de diagnóstico, torna-se possível prever o momento aproximado de desgaste ou quebra de várias peças dos veículos.

Manutenção corretiva

Trata-se de um procedimento que se baseia em realizar reparos ou substituir peças que fizeram com que um veículo tivesse seu pleno funcionamento comprometido ou o levou a parar completamente, ou seja, é a manutenção realizada em veículos que apresentam alguma falha em seu funcionamento.

A manutenção corretiva normalmente é realizada sem qualquer tipo de planejamento e necessita ser feita em caráter de emergência.

Um dos principais problemas que envolvem a opção pela manutenção corretiva é a necessidade de deslocamento de pessoal em regime de hora extra, sob a pressão de ter de executar o trabalho com agilidade, correndo o risco de acidentes ou consequências ainda piores por um trabalho não realizado a contento.

Quando se trata da manutenção de carros e caminhões, algumas empresas escolhem um plano de manutenção corretiva em vez da manutenção preventiva. Com um plano corretivo (também chamado de estratégia de execução para falha), o gestor de frotas apenas espera até que um veículo esteja quebrado antes de ser reparado.

Muitas frotas podem lançar mão de um plano de manutenção corretiva com a mentalidade de que é mais barato do que a manutenção realizada das outras formas. Mas, esperar que colapsos no trajeto aconteçam pode resultar em situações de emergência para o motorista, perda de tempo de produção, custos de reboque e custos mais altos para peças e reparos.

Agende já sua revisão preventiva! ⚙🔧🔩🚗 ❄

Ta sem tempo? Deixa com a SF Automotiva, buscamos e levamos o seu veículo. Temos o sistema Leva e Traz.

Para mais dicas e novidades sobre o mundo automotivo, fique de olho no blog da SF Automotiva e acompanhe nosso perfil no Facebook.


18-07-2019
Saiba o que é o torque de um motor

15-07-2019
O que é a vela de ignição de seu veículo e as manutenções necessárias

08-07-2019
Descubra como seu modo de dirigir pode te ajudar a economizar combustível!




Solicite um orçamento
(16) 99788-7164

Rua Carlos Fleischmann, 326 13570-380 São Carlos/SP

Segunda a sexta-feira,
das 7h40 às 18h00

sfmecanicaautomotiva

SF Consultoria Automotiva - Todos os direitos reservados.
SF Automotiva


Top